[Confira][7]

Destaque
featured

Desespero no Pantanal - Justiça nega pedido de Emerson Panta contra o pré-candidato a Prefeito de Santa Rita Major Nunes Neto.

O prefeito do município de Santa Rita: EMERSON FERNANDES ALVINO PANTA, é conhecido por ocupar as malhas da justiça com processos contra aqueles que se opõem ao seu governo, querendo com isso, a todo custo, cercear o direito democrático a liberdade de expressão, apanágio da natureza racional do indivíduo de manifestar-se livremente, com opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte de governo ou de outros membros da sociedade. 

A liberdade de expressão é um direito garantido de forma plena pela carta magna do país, a todos os cidadãos (a) brasileiros.

Ao longo de sua administração, profissionais da imprensa e, até mesmo, o cidadão comum já foram vítimas do alcaide. Eis, que agora, já temos mais uma vítima do prefeito da mordaça, trata-se do MAJOR NUNES NETO, único e legítimo opositor da pífia, frágil, chocha e capenga gestão.

Acontece, que o prefeito inconformado com a exposição negativa que sofreu ao tentar de forma obscura, antiética e antidemocrática assediar o pré-candidato da oposição MAJOR NUNES NETO, oferecendo-lhe vantagens indevidas em troca da possível desistência do ÚNICO OPOSITOR ao seu projeto de PODER, resolveu ingressar na justiça, como de costume, com um pedido de indenização por danos morais contra o MAJOR NUNES NETO. 

No entanto, para o azar do prefeito da ditadura, a Excelentíssima Sra. Juíza de Direito - ISRAELA CLÁUDIA DA SILVA PONTES ASEVÊDO, indeferiu o pedido de tutela de urgência impetrado pelo prefeito da censura. Outro ponto grave a ser levado em consideração, é que existem fortes indícios de um suposto uso da máquina pública por parte de EMERSON PANTA no referido processo, em razão de que os advogados que o representa na ação pessoal, estariam sendo pagos pela prefeitura, já que fazem parte do quadro de funcionários da edilidade. Confira:


A nossa redação teve acesso com exclusividade a decisão que negou o pedido do prefeito. Confira:







Marcos Cavalcanti

Marcos Cavalcanti é jornalista, e Mestre em Teologia. Trabalhou nas rádios Integração do Brejo de Bananeiras e Solânea FM de Solânea/PB - Nas Tvs, Gazeta e CNT/SP - Foi porta voz da Prefeitura Municipal de Santa Rita/PB - Atualmente é Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de Santa Rita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar...