[Confira][7]

Destaque
featured

Operação conjunta do Gaeco do RJ/PB e Goiás cumpre mandado de prisão contra diretor da Cruz Vermelha na Paraíba

O Gaeco da Paraíba em Apoio ao Gaeco/RJ  e de Goiás deflagrou na manhã desta sexta-feira (14), a operação "Calvário". O objetivo, foi cumprir mandados de prisão à integrantes de uma organização criminosa que atuava na Cruz Vermelha Nacional. 
A Cruz Vermelha é uma instituição filantrópica que administra hospitais públicos municipais, estaduais e federais. Na Paraíba ela é responsável pela gerenciamento do Hospital de Traumas.
A quadrilha especializada em crimes de corrupção é comandada por Daniel Gomes da Silva. Ele é ex-dirigente da empresa TOESA SERVICE S/A, que já possui condenação criminal em primeira instância, por crime de peculato, a empresa foi contratada por valores superfaturados para realizar serviços de manutenção de ambulâncias da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro nº (001664696.2012.4.02.5101).  Ela operava oficialmente com o CNPJ destas entidades não governamentais. O rombo nos cofres públicos chegam a mais de R$ 1,1 bilhão de reais em recursos públicos.
O braço da Cruz Vermelha na Paraíba é Roberto Calmon que chegou na noite de ontem em João Pessoa, mas nas primeiras horas desta manhã foi preso no Hotel onde estava hospedado na Orla de Cabo Branco. Agora, deve fazer exames de corpo de delito e ficar à disposição da Justiça. 

Blog do Cavalcanti.

Marcos Cavalcanti

Marcos Cavalcanti é jornalista, e Mestre em Teologia. Trabalhou nas rádios Integração do Brejo de Bananeiras e Solânea FM de Solânea/PB - Nas Tvs, Gazeta e CNT/SP - Foi porta voz da Prefeitura Municipal de Santa Rita/PB - Atualmente é Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de Santa Rita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar...