[Confira][7]

Destaque
featured

APÓS PREJUDICAR MAIS DE 1500 ALUNOS DA ZONA RURAL A PREFEITURA DE SANTA RITA TERIA DESCUMPRIDO CONTRATO DE TRANSPORTE ESCOLAR UNIVERSITÁRIO.

Após interromper serviços essenciais de transporte escolar para alunos que residem na zona rural do município de Santa Rita, por falta de pagamento, o que tem causado sérios prejuízos aos mais de 1500 alunos e pais de alunos da rede municipal de ensino. Agora, a Prefeitura da Cidade. Teria descumprido cláusulas contratuais com a empresa Netumar, concessionária de transporte escolar universitário.

Falamos com o Presidente da Associação Universitária de Santa Rita (AUS), Hebert Vieira. Segundo Hebert, a empresa agiu com muita responsabilidade ao comunicar a associação: 

"A empresa foi muito responsável, inclusive nos prestando solidariedade, e destacando que não tinha nenhuma intenção de nos causar algum tipo de dano e, justificou que que estaria paralisando provisoriamente o fornecimento, por motivo de quebra de cláusula contratual". 

Perguntamos ao Presidente se ele já havia tido algum contato com a prefeitura: "Ainda não conseguimos falar com o pessoal da prefeitura e, hoje não tem como fazer isso, pois decretaram "ponto facultativo", mas, amanhã, vamos continuar insistindo." Relatou.  

Perguntamos ainda se Hebert tinha conhecimento a respeito dessa tal cláusula que segundo ele, é a causadora da interrupção da prestação dos serviços por parte da Netumar.

"Não sei dizer com certeza, mas acredito que seja falta de pagamento". Respondeu.

Tentamos buscar respostas da prefeitura, através da Secretária de Educação, que nos disse: 
"Marcos, não sei te informar nada, por que essa parte é com a secretaria de Administração". 

Também tentamos contato com o Chefe de Gabinete, Cássio Medeiros, que agora responde pela pasta de Administração e Gestão, após a saída de Luciano Alvino.
Segundo o chefe de gabinete, Cássio Medeiros, o fornecimento do transporte universitário está normal. O que nos causou grande surpresa, já que a Netumar, concessionária, teria enviado informativo a (AUS), por meio de seu presidente Hebert Vieira, relatando o inverso. 

A paralisação por parte da concessionária de transporte escolar universitário, preocupa e, prejudica, mais de 500 alunos universitários, que dependem exclusivamente desse transporte. No momento o que nos resta é esperar os próximos capítulos.

Marcos Cavalcanti.

Marcos Cavalcanti

Marcos Cavalcanti é jornalista, e Mestre em Teologia. Trabalhou nas rádios Integração do Brejo de Bananeiras e Solânea FM de Solânea/PB - Nas Tvs, Gazeta e CNT/SP - Foi porta voz da Prefeitura Municipal de Santa Rita/PB - Atualmente é Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de Santa Rita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar...